Perdona si te llamo amor – Cualquiera que haya amado tiene una cicatriz. De Musset. Sólo que a veces eso se olvida.

Perdona si te llamo amor

– Cualquiera que haya amado tiene una cicatriz. De Musset. Sólo que a veces eso se olvida.

Anúncios

Sobre ricardonagy

USP/PUC-SP. Bacharel em Direito PUC-SP. Pós-graduando em Direito Civil pela EPM-TJSP. Bacharel e Licenciado Letras inglês/português USP. Pós-graduado em Tecnologias Interativas Aplicadas à Educação PUC-SP.
Esse post foi publicado em poesia e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Perdona si te llamo amor – Cualquiera que haya amado tiene una cicatriz. De Musset. Sólo que a veces eso se olvida.

  1. kapaiva disse:

    Nagy, ja leu esse livro aí? Perdona si te llamo amor?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s