Chico Buarque. Relacionamentos em duas músicas diametralmente opostas.

Chico Buarque, compositor, cantor, escritor, grande intelectual brasileiro. Retrata em suas músicas o cotidiano, o malandro, críticas sociais, resistência à então ditadura brasileira e, é claro, o amor. Amor sublime, amor patife, amor não correspondido, rompimentos e a felicidade de estar ao lado do amado.

Neste post resolvi explorar dois relacionamentos retratos em suas músicas que são diametralmente opostos: ‘A história de Lily Braun’ e ‘Valsinha‘.

‘A história de Lily Braun’, uma divertida música é perfeita para os céticos de relacionamentos. Retrata a conquista com todo o romance, buquê, promessas que depois culminam num casamento enfadonho, triste e frustrante.

‘Valsinha’ é uma linda música que retrata um casal casado, num casamento que caíra na rotina, mas que é resgatado com uma mudança inesperada de atitude do homem que reconquistou sua mulher com um cuidado que há tempos não fazia. Com uma simples dança, tantos beijos loucos, tantos gritos roucos como não se ouvia mais… Enjoy.

A história de Lily Braun: Como num romance

O homem dos meus sonhos
Me apareceu no dancing
Era mais um
Só que num relance
Os seus olhos me chuparam
Feito um zoom

Ele me comia
Com aqueles olhos
De comer fotografia
Eu disse cheese
E de close em close
Fui perdendo a pose
E até sorri, feliz

E voltou
Me ofereceu um drinque
Me chamou de anjo azul
Minha visão
Foi desde então ficando flou

Como no cinema
Me mandava às vezes
Uma rosa e um poema
Foco de luz
Eu, feito uma gema
Me desmilinguindo toda
Ao som do blues

Abusou do scotch
Disse que meu corpo
Era só dele aquela noite
Eu disse please
Xale no decote
Disparei com as faces
Rubras e febris

E voltou
No derradeiro show
Com dez poemas e um buquê
Eu disse adeus
Já vou com os meus
Numa turnê

Como amar esposa
Disse ele que agora
Só me amava como esposa
Não como star
Me amassou as rosas
Me queimou as fotos
Me beijou no altar

Nunca mais romance
Nunca mais cinema
Nunca mais drinque no dancing
Nunca mais cheese
Nunca uma espelunca
Uma rosa nunca
Nunca mais feliz”

 

Valsinha

Chico Buarque

Um dia ele chegou tão diferente do seu jeito de sempre chegar
Olhou-a de um jeito muito mais quente do que sempre costumava olhar
E não maldisse a vida tanto quanto era seu jeito de sempre falar
E nem deixou-a só num canto, pra seu grande espanto, convidou-a pra rodar

E então ela se fez bonita como há muito tempo não queria ousar
Com seu vestido decotado cheirando a guardado de tanto esperar
Depois os dois deram-se os braços como há muito tempo não se usava dar
E cheios de ternura e graça, foram para a praça e começaram a se abraçar

E ali dançaram tanta dança que a vizinhança toda despertou
E foi tanta felicidade que toda cidade se iluminou
E foram tantos beijos loucos, tantos gritos roucos como não se ouvia mais
Que o mundo compreendeu, e o dia amanheceu em paz

About ricardonagy

Bacharel Direito PUC-SP. Pós-graduando em Direito Civil pela EPM-TJSP. Bacharel e Licenciado Letras inglês/português USP. Pós-graduado em Tecnologias Interativas Aplicadas à Educação PUC-SP.
This entry was posted in Uncategorized and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

2 Responses to Chico Buarque. Relacionamentos em duas músicas diametralmente opostas.

  1. Maria Carolina says:

    Ai Nagy… O Chico é ótimo. Adoro as duas músicas.

  2. Elisabete says:

    Oi Ricardo
    Muito bom!
    Se estão juntos a cinco, dez anos ou uma noite não sei, mas houve a coragem de estar em cada encontro dos olhos do outro. E nesse tempo, que nem sempre é o do nosso relógio, puderam amar.
    Nosso “problema” (se é que é) é que tudo o que é bom queremos eternizar
    talvez o que fica do Chico é que precisemos ser inventivos e surpreendentes cotidianamente
    Cheios de coragem constantemente, seja com a pessoa que amamos a dez anos ou a dez minutos
    Vamos á vida!
    abraço
    Bete Agrela

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s