Para tudo: paráfrase, paródia, paronomásia, parônimo, palíndromo e anagrama.

O post de hoje é dedicado a um pequeno estudo de linguística sobre dúvidas cruéis comuns, ‘paratodos’. Pois vamos a elas:

Paráfrase: reescrita de um texto sem que haja perda de sentido. Por exemplo: ‘tire a seu equino da precipitação pluviométrica’, isto é, ‘tire o seu cavalinho da chuva'; ou então, ‘vou fazer homeostase eletrolítica’, isto é, ‘vou fazer xixi’.

Paródia: é a recriação de uma obra, geralmente célebre, conhecida, uma reescritura de caráter contestador, irônico, zombeteiro, crítico, satírico, humorístico. Exemplo é a foto dos Simpsons imitando a dos Beatles ou as versões de Monalisa.

Paronomásia: consiste em um recurso estilístico que faz uso de palavras parônimas, isto é, de sons e escritas semelhantes. Popularmente conhecido como trocadilho. ‘Exportar é o que importa’, como diria Delfin Neto; “Com os preços praticados em planos de saúde, uma simples fatura em decorrência de uma fratura pode acabar com a nossa fartura”, como diria Max Nunes; ou então aquelas de caminhão: Caminhoneiro não é mágico, mas vive de truck.

Parônimos são palavras diferentes no sentido, mas com muita semelhança na escrita e na pronúncia.

Exemplos :

Infligir infringir
Retificar ratificar
Vultoso vultuoso

Vai me dizer que você nunca ficou em dúvida se era ‘vultoso’ ou ‘vultuoso’? Pois bem, vultoso é volumoso, ex.– liberação de vultoso empréstimo de dinheiro. Vultuoso é relativo a inchaço. No Aurélio: 

vultuoso (ô). [Do lat. vultuosu.]Adj. Med. 1. Diz-se do aspecto da face quando está vermelha e tumefacta, e com os olhos salientes. [Cf. vultoso.]

Retificar é corrigir e ratificar é confirmar. Infligir e infringir: exemplos:

a) Se alguém infringir a lei seca, será punido com detenção. (violar)
b) Eles estão presos porque infringiram alguma lei. (desrespeitaram)
c) O juiz infligiu uma pena muito severa aos desordeiros. (aplicou)
d) A seca infligiu a plantação, apenas uma agricultora se livrou. (causou dano)

Palíndromo: frase ou palavra que mantém o mesmo sentido quando lida de trás pra frente. Ex.: ARARA, ESSE, OVO, REVIVER.

Anagrama: (do grego ana = “voltar” ou “repetir” + graphein = “escrever”) é uma espécie de jogo de palavras, resultando do rearranjo das letras de uma palavra ou frase para produzir outras palavras. Exemplos: animal – lâmina. América – Iracema (não vale lembrar das aulas de cursinho! rs) cheers!

About these ads
This entry was posted in dicas culturais, poema, poesia, Uncategorized and tagged , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s